05 dezembro 2006

Mais les baisers d'Ange. Sont de vraies gourmandises.

Coisas cotidianas. Coisas do Brasil.
Digo que essa semana está bem cansativa e acho que preciso de férias!
Também mais de dois anos sem poder esticar as pernas é uma situação que ninguém merece.

Porem acho que um dos motivos de cansaço é ter que também pegar condução pública!
Odeio pessoas, povão e lugares freqüentados por excesso desses seres sem modos.

Pegar metro me estressa me sinto numa chocadeira de 1 mm por 1 mm. Cada vez mais pessoas surgem no metro ultimamente, incrível isso!
Surgem mais pessoas pútridas e sem educação, verdadeiros marginais da sociedade.
Em que o que é bom, é estar à frente do outro e conseguir um espaço da forma que for possível.
Literalmente presencio esse jeitinho brasileiro em conduções públicas, transito filas, governo e principalmente no metro!
Tirando isso, acho que de resto o que esta impactando um pouco ainda é alta-demanda no serviço e provas, provas e mais provas.
Mas estando de férias da faculdade, já é possível desafogar outros pontos. Já o serviço não jeito.
Enfim... rs

A música de hoje tem a ver com o inicio do post...

Guilherme Arantes - Coisas do Brasil

Foi tão bom te conhecer, tão fácil te querer
Triste não te ver por tanto tempo
É bom te encontrar, quem sabe feliz
Com a mesma alegria
De no ... vo
Mais uma vez, amor
Te abraçar, de verdade
Há sempre um novo amor
E uma no ... va saudade

Coisas do Brasil, coisas do amor
Luzes da cidade acendendo o fogo das paixões
Num bar à beira-mar
No verde-azul do Rio
De Janei ... ro
Mais uma vez, amor
Te abraçar, de verdade

Há sempre um novo amor
E uma no ... va saudade

Coisas do Brasil, coisas do amor
Luzes da cidade acendendo
O fogo das paixões
Num bar à beira-mar
No verde-azul do Rio
De Janei ... ro

Coisas do Brasil, coisas do amor
Luzes da cidade acendendo o fogo das paixões
Num bar à beira-mar
No verde-azul do Rio


Ouvindo: Marisa Monte - Na estrada
Quote: "Toda a obra de arte é uma personalidade. O artista vive nela, depois dela ter vivido longo tempo dentro dele" - José María Vargas Vila

A, gosto mto de ti. Esse tipo de excesso nunca te fara mal. Sou sapo, não pessoa ! rs

4 comentários:

déia disse...

Oieeee Primooo :}
táá xikê teo bloG emmm

hsiaushiahsasha
saudades primoooo

beeejão:*

Renata disse...

hahaha

trauma de metrô :o .... mas o q se pode fazer?!?! ainda preciso (precisamos pelo jeito) de trasporte público =S

mas enfim.... pessoas cansam mas nem saum taum ruins assim ... rsrs

bjos querido =o****

Zana disse...

Ah, faça de tudo para mudar então Di... não basta reclamar. Por isso prefiro não reclamar muito.
Gosto do metrô por ser um transporte tão rapido, muito mais que um carro aqui em Sp. De ônibus eu não gosto! Morro de medo do ônibus virar pro lado e tchumba!

E gente mal educada não tem só em ônibus e metrôs... tem um monte de fdp nas ruas, nos carros, nos cavalos, nos trens.

Pobre é foda, mas sou uma tb.
Não sou nada pra reclamar disso tudo.. só do preço e a situação precaria dos onibus...
gente é gente, uns são um pouco mais toleráveis apenas.

um beijo.

Angellk disse...

Sobre o serviço público...sem comentários..soaria clichê.

Falo + sobre coisas belas Art Noveau...
Então...os negritos são propositais!?
rs

beijos.